14.12.04

"Se alguém me amar agora, não será por um belo corpo que fatalmente irá mudar, mas por isso que sou hoje sem disfarces. Nenhum esplendoroso corpo jovem, malhado me ameaça: meu território é outro"
Lya Luft, chupado de Cascos e Carícias

Nenhum comentário: