5.4.12

"Ser analista não é analisar os outros; é, a princípio, continuar a se analisar, continuar a ser analisando - é uma lição de humildade. A outra via seria a enfatuação do analista - caso ele se considere em dia com seu inconsciente. Não se está jamais".
(MILLER, "Coisas de fineza em psicanálise", 2008-2009).

Nenhum comentário: