18.6.10

Acabei de ler que o José Saramago morreu. E parece que morreu um avô, uma pessoa velhinha e querida, de quem a gente recebe a notícia da morte com certa serenidade, mas já com uma dorzinha de saudade.
Fez parte da minha vida, o Saramago.

4 comentários:

Mariana disse...

Devia ser proibido morrerem as pessoas que fazem diferença no mundo. Isso é um fato como dois e dois são quatro.

Joanna disse...

por isso os imortais
são maiores ou vão além da academia
que pensa consagrá-los...
pra mim, o coração do povo é que sabe...

Anônimo disse...

Oi! Lembrei que você comentou que tinha um blog e encontrei. Tem sua cara, é meigo e engraçado. Põe aí umas fotos da praia!
Beijão, Baiano.

Anônimo disse...

Também achei seu blog. Lindo!

Beijão, Turco.