28.11.11

Olha,
Entre um pingo e outro
A chuva não molha.

Millôr Fernandes

Nenhum comentário: