31.8.05

É um amor impossível o de peixe e pássaro.
Nunca podem estar juntos.
O pássaro morre afogado na água.
O peixe morre afogado no ar.
Depois, peixe e pássaro não têm mãos para amar.
Não sei nada sobre o coração de peixe nem de pássaro.
Penso que devem ter muita esperança.

(Bartolomeu Campos Queiroz, em O Peixe e o Pássaro)

Nenhum comentário: