26.11.06

Eu andava brigada com o Caetano, mas depois de vê-lo ontem no palco, rindo daquele jeito cheio de covinhas...
Eu me entrego. Paixão de novo.

Não tenho inveja da maternidade nem da lactação.
Não tenho inveja da adiposidade nem da menstruação.
Só tenho inveja da longevidade e dos orgasmos múltiplos.
Eu sou homem, pele solta sobre o músculo.
Eu sou homem, pelo grosso no nariz.
Não tenho inveja da sagacidade nem da intuição.
Não tenho inveja da fidelidade nem da dissimulação.
Só tenho inveja da longevidade e dos orgasmos múltiplos.
(Homem, Caetano Veloso. Do disco "Cê").

PS: nota zero para o Chevrolet Hall. Falta de organização na saída, péssima acústica... e um calor insuportável. Pra completar, fui perguntar sobre o ar refrigerado para uma menina culturete da produção, e ela veio me explicar que "a Casa não tem ar. É quente mesmo, as pessoas que freqüentam já estão cientes disso. Semana passada, inclusive, teve um samba aqui e ficou muito, muito quente". Sim, bizarro.

2 comentários:

mario disse...

foi do caralho, mesmo. caetano é foda! e o disco novo é muito bom... só poderia ser mais legal se ele tivesse desequilibrado da caixa de som, não precisava nem machucar muito...

Du disse...

Quando eu ganhar na mega sena, contrato o Caetano pra cantar pra mim e pro Nando. E chamo você, o Fer e o Mário também, já que ele curte tanto. Rá! :)