10.10.07

O primeiro foi a Marina que me ensinou - eu aprendi e amei. O segundo é o meu preferido dele - tomara que ela goste.


Aprendizado
Ferreira Gullar

Do mesmo modo que te abriste à alegria

abre-te agora ao sofrimento
que é fruto dela
e seu avesso ardente.

Do mesmo modo
que da alegria foste
ao fundo
e te perdeste nela
e te achaste
nessa perda
deixa que a dor se exerça agora
sem mentiras
nem desculpas
e em tua carne vaporize
toda ilusão

que a vida só consome
o que a alimenta.

***

Cantiga para não morrer
Ferreira Gullar

Quando você for se embora,
moça branca como a neve,
me leve.

Se acaso você não possa
me carregar pela mão,
menina branca de neve,
me leve no coração.

Se no coração não possa
por acaso me levar,
moça de sonho e de neve,
me leve no seu lembrar.

E se aí também não possa
por tanta coisa que leve
já viva em seu pensamento,
menina branca de neve,
me leve no esquecimento.

Um comentário:

Marina Rodriguez disse...

Vc é mesmo muito linda!
Também adoro o seu preferido.
E além de tudo vc ainda coloca Quintana, que é o poeta mais alegre (e sapeca!) que conheço.
É muito bom visitar você.