31.5.09

Amélie Poulain, final do filme. Porque às vezes eu queria ser ela, e às vezes eu tenho certeza que eu sou.


Um comentário:

C. disse...

você é muito ela! hahaha! até os olhos grandes e o cabelinho, mas principalmente o jeito de valorizar coisas pequenas e ver poesia em tudo. delicadas, felizes e sensíveis, vc e a Amélie.