5.1.11


Alguns achavam que a gente tinha um caso nesses 15 anos, mas o que a gente sempre teve foi amor. E amor a gente vive do jeito certo, sem trapacear. Eu admiro a honestidade com que você sempre soube tratar o amor. Foi isso que me fez amar você (não se esqueça disso).
2010 foi o pior ano da minha vida. Mas 2010 teve você - e olhando pra sua foto eu penso "bom, a vida não é tão injusta assim, certo?". Obrigada por não me deixar desistir de tudo. De você, mas principalmente de mim.

"Eu não existo no seu blog". Taí. Mas só pra te fazer sentir incluído, Pe. Pra mim, você sempre existiu aqui. E também aqui dentro.

9 comentários:

Anônimo disse...

Eu não conheço o Pe, mas quem viu como você ficou sabe o quanto a presença dele valeu. Fico torcendo pro coração que estava tão pequenininho ficar grande de novo, batendo com força total. Nada de tanto choro em 2011, ok? Sua gargalhada fez falta, é a melhor que eu conheço!!
Feliz ano novo, Dri!!! Depois de tudo, você merece!!
Um beijão,
Teresa

Daniella Cabizuca disse...

Nunca vi chorar taaaaanto como você este ano, parecia uma caixa dágua hahahaha. Não seja tão dura com vc e não tente fazer tudo certo e ser tão correta na visão de todos porque isso é impossível. Viva a sua vida e seja feliz porque honestidade você tem de sobra, sem ter que se esforçar. Eu admiro muitoooo você pessoalmente e profissionalmente por sua postura e seriedade, além de seu jeito de tratar a todos. E sei que essa é a opinião de quem te conhece de verdade.
Um beijo,
Dani

Anônimo disse...

Não vou esquecer. Ainda mais depois de ganhar um post lindo desse no seu blog. Tô muito feliz. Tão tão feliz, que tô até pensando em te levar pra morar na Guinea comigo. Vamos!? rs

Brincadeiras aparte, quem tem que agradecer aqui sou eu por ter voce ao meu lado. Eu sei que 2010 não foi nada facil pra você, e eu espero que voce não tenha que passar por isso nunca mais na sua vida. Quero fazer 2011 um ano repleto de alegrias pra nos dois.

Te amo Dri
Beijo
Pe

Anônimo disse...

Dri e seus namorados lindos. Nenhum escapa da maldição. Rá.
Loveeee.

obs: te vi falar no evento do mestrado. Que mulherão, gente!! Só entendi a metade, mas achei lindo! kkkkkk

Gláucia disse...

Amar é o que vale a pena e você sempre soube disso, querida. Ame muito. E que o Pedro mereça a sua disputada (e enrolada) companhia rs.

Bruno disse...

Eu já gosto do Pe!

Ana B. disse...

One word: ALEXANDREPIRES.

Anônimo disse...

Ah Ana, isso é amor, eu sei que é! Gosto muito de voce tambem! Rss
Beijo!
Pe

F. disse...

Tratando-se de um amigo tão gato, acho que vale a pena repensar sobre promovê-lo a outro posto... rs
Brincadeiras à parte, amigos verdadeiros são os tesouros que colecionamos pela vida.
Pra estes, dispensam-se palavras.