18.9.04

"Minha aposta mais alta. Minha cama com coberta no sábado mais frio. Sabe quando as coisas estão certas? Pois é. Você. (eu poeta...)".

E eu musa.

Nenhum comentário: