3.11.10





Minha vida sem mim.

Um comentário:

Ana B. disse...

“Falo do amor de forma mística, sei o preço. (…) Sou muito inteligente, muito exigente e muito engenhosa para alguém ser capaz de se encarregar completamente de mim. Ninguém me conhece nem me ama completamente. Só tenho a mim”

- Simone de Beauvoir (Mas podia ter sido você. Ou eu. Ou alguém com pouca modéstia.)