1.12.10

"Não vou seguir a vida enredando uma viuvez. Vivi antes com Saramago ao lado. Agora, com Saramago dentro".
Pilar del Río - esposa, musa, companheira de José Saramago. Ela também conta que os muitos relógios de sua casa estão parados às 4 horas, horário em que conheceu Saramago. Foi ele quem os parou, a pedido dela, porque faziam muito barulho.

E eu roubei e trouxe no bolso a folha da revista onde li isso, porque a vida tem muita poesia pra gente deixar por aí, sem cuidado.

5 comentários:

Grã disse...

fez muito bem em "cometer essa delicadeza"!

;)

Anônimo disse...

Ler seus posts é certeza de sair suspiriando...Adoro tudo que vc posta aqui....

Jannie Abrita disse...

Li, com os olhinhos cheios dágua.

Anônimo disse...

Minha linda e querida amiga, eu que a um tempo nao passava por aqui, aqui estou e nao resiti em te dizer: corra para ver o documentário José e Pillar!! Maravilhoso. E esse depoimento dela, é lindo, como várias passagens do filme.
Beijos,
Cris Barreto

Cristiane Mendonça disse...

Gosto tannnnto do seu blog!!!