14.9.09

Indecisão amorosa
Afonso Romano de Sant'Anna

- Então me digo:
"Não vou mais vê-la
e no dia seguinte
quero tê-la.

Então me digo:
- "É a última vez"
e me resigno.
Mas quando anoitece
sou eu quem ligo.

- "Começo a esquecê-la",
me repito.
E numa esquina
invento vê-la.

De novo afirmo:
Melhor parar
e aí começo
a desesperar.

O tempo todo
a estou deixando
e mais a deixo
partido
ao seu amor regresso
e partindo
vou ficando.

Um comentário:

Pedro Henrique disse...

Saudades velha!
Beijos