16.10.08

Foi por te ver andando reto entre tudo o que há de incerto em mim... que eu sempre te quis assim.

Nenhum comentário: