1.7.09

Respeito muito minhas lágrimas
mas ainda mais minha risada.

Caetano Veloso, "Vaca Profana".

Nenhum comentário: