1.7.09

Fer: o Tom Jobim (meu cachorro) destruiu o tapete hoje de manhã!
Eu: mesmo? Como assim? Como o tapete ficou?
Fer: em pó.


***

Fer animadíssimo porque comprou alpiste e os passarinhos vão encher o quintal. Depois de alguns dias, eles realmente começam a chegar. Muitos, felizes, cantando.
Semana passada, eu no quarto, Fer cuidando da horta. Os passarinhos cantando, um em especial, bem alto. E vem a voz do Fer lá debaixo: "ooolha o exagero!".


Oi, eu sou o Fer e você não tem outra opção a não ser me amar demais.

3 comentários:

Luana disse...

Eu adorei, estes seu canto, sua vida blogada!

Um beijo ^^

Anônimo disse...

E eu dando gargalhadas aqui, e feliz com o batismo do Tom! Rss....
Tapete em pó e passarinho exagerado na orquestra da varanda é tudo de bom.Clro, só nao mais que o amor declarado de vocês.
Beijos,
Cris.

Anônimo disse...

Vocês dois são perfeitos por serem tão bem humorados nas imperfeições. Isso vale muito, uma mulher que tem bom humor.
Beijos,
Daniel.