28.1.06

"Entrei no teu blog quando estava procurando um poema da Elisa Lucinda no google. Não achei o poema, mas achei um outro lugar de mim. Eu não sabia o quanto eu podia ser outra pessoa. Agora caminho os teus passos e as palavras e não palavras com que tu sem saber me narras. Adorei absolutamente tudo o que já li aqui, mesmo o que não gostei".
.
Se me permite, Nin, seja você quem for: roubei seu comentário porque queria um post para a sua delicadeza.

Nenhum comentário: